39215  ACESSOS

LIVRO DA SEMANA

 

INFIEL: A HISTÓRIA DE UMA MULHER QUE DESAFIOU O ISLÃ

     Em novembro de 2004, o cineasta Theo van Gogh foi morto a tiros em Amsterdã por um marroquino, que em seguida o degolou e lhe cravou no peito uma carta em que anunciava sua próxima vítima: Ayaan Hirsi Ali, que fizera ao lado de Theo o filme Submissão, sobre a situação da mulher muçulmana. E assim essa jovem exilada somali, eleita deputada do Parlamento holandês e conhecida na Holanda por sua luta pelos direitos da mulher muçulmana e suas críticas ao fundamentalismo islâmico, tornou-se famosa mundialmente. No ano seguinte, a revista Time a incluiu entre as cem pessoas mais influentes do mundo. Como foi possível para uma mulher nascida em um dos países mais miseráveis e dilacerados da África chegar a essa notoriedade no Ocidente?    

                                                        Infiel


     Em Infiel, sua autobiografia precoce, Ayaan, aos 37 anos, narra a impressionante trajetória de sua vida, desde a infância tradicional muçulmana na Somália até o despertar intelectual na Holanda e a existência cercada de guarda-costas no Ocidente. É uma vida de horrores, marcada pela circuncisão feminina aos cinco anos de idade, surras freqüentes e brutais da mãe, e um espancamento por um pregador do Alcorão que lhe causou uma fratura no crânio. É também uma vida de exílios, pois seu pai, quase sempre ausente, era um importante opositor da ditadura de Siad Barré: a família fugiu para a Arábia Saudita, depois para a Etiópia, e finalmente se fixou no Quênia.

     Obrigada a frequentar escolas em muitas línguas diferentes e conviver com costumes que iam do rigor muçulmano da Arábia (onde as mulheres não saíam à rua sem a companhia de um homem) à mistura cultural do Quênia, a adolescente Ayaan chegou a aderir ao fundamentalismo islâmico como forma de manter sua identidade. Mas a guerra fratricida entre os clãs da Somália e a perspectiva de ser obrigada a se casar com um desconhecido escolhido por seu pai, conforme uma tradição que ela questionava, mudaram sua vida, e ela acabou fugindo e se exilando na Holanda. Ela descobre então os valores ocidentais iluministas de liberdade, igualdade e democracia liberal, e passa a adotar uma visão cada vez mais crítica do islamismo ortodoxo, concentrando-se especialmente na situação de opressão e violência contra a mulher na sociedade muçulmana.

Autor: Ayaan Hirsi Ali (Editora Companhia das Letras) - 504 págs.

 

 

Editora lança Box de Guimarães Rosa
O homem que venceu Auschwitz
O Hipnotista
O dia da caça
Os últimos soldados da guerra fria
Fliz por nada de Martha Medeiros
Vozes da Legalidade
Liberdade de Jonathan Franzen
Retalhos da Alma de Onélio Chagas
Para salvar uma vida
Alfabetização e linguistica
Vivendo em voz alta
O 11º Mandamento
Vermelho Amargo
Narrar por Escrito
Caçando Eichmann
Livros mais vendidos em 2010
Um homem misterioso
LOBÃO: 50 anos a mil
O filósofo e o imperador
Elite da Tropa 2
As canções de Toquinho
Sidney Sheldon: Depois da Escuridão
Desgracida de Dalton Trevisan
Conversa sobre o tempo
1822, de Laurentino Gomes
O palácio de inverno
O Aleph
Pelé - minha vida em imagens
Livro dos Sonhos
Invisível, de Paul Auster
O Mundo das Copas
501 grandes escritores
A obra completa de José Paulo Paes
Música Mundana
As melhores seleções
A guardiã da meia-noite
Livros sobre Adoniran Barbosa
Como se tornar o pior aluno da escola
Bíblia tem site que ajuda na pesquisa
A vida de Wilson Simonal
Americano lança biografia de Lispector
O Símbolo Perdido sai com 800 mil cópias
Padre Cícero
Chico Buarque: Histórias de Canções
A Hospedeira
Conversando é que a gente se entende
Feijoada no Paraíso
Sepulcro, de Kate Mosse
O símbolo perdido de Dan Brown
Uma gota de sangue
A VOLTA
Dicionário Lula
O Garoto no Convés
'Noturno'
O Leitor Apaixonado, de Ruy Castro
"Fala sério, pai!" de Thalita Rebouças
O Caderno: novo livro de Saramago
A Auto-estrada
Gomorra
L&PM lança coleção
Formaturas Infernais
A vida e obra de Walt Disney
ALBERTO SANTOS-DUMONT
A Dama Azul
Os 11 maiores técnicos do futebol
Luiz de Miranda lança livro
Sua resposta vale um bilhão
O Leitor
Crepúsculo
1808, A Cabana, A Viagem do Elefante e +
A viagem do elefante
Poeta, mostra a tua cara
A Cabana e O Vendedor de Sonhos
Uma breve história do séc XX
As guerras dos gaúchos
O homem que queria salvar o mundo
O livro das citações
O grande livro do jornalismo
211 coisas para meninos e meninas
Maravilhoso Livro das Meninas
Um defeito de cor
A Sombra do Vento
Almanaque sobre Machado de Assis
A menina que roubava livros
O CAÇADOR DE PIPAS vira filme
CAMAQUÃ TERRA FARROUPILHA
 
Roger Tavares - Todos os direitos reservados © Desenvolvido por iPoomWeb