39554  ACESSOS

POESIA REGIONAL

 

 

CASA DO POETA LANÇA REVISTA E SEMANA DA

 

 POESIA NA COMEMORAÇÃO DOS VINTE ANOS

 

 

“Eu canto porque o instante existe e a

minha vida está completa.

Não sou alegre nem triste: sou poeta.”

Cecília Meireles

 

 

Na noite do dia 31, terça-feira, a Casa do Poeta Camaqüense - CAPOCAM - lançou, durante um coquetel poético na sua sede, a Revista Cidade da Poesia, publicação esta que contou com a assinatura de 48 poetas de todo estado.

 

 

           Capocam revista

              Acima, poetas celebram o lançamento da revista Cidade da Poesia

 

 

Dando início a grande noite, Catulo Fernandes e Solange Renner falaram do histórico da CAPOCAM, de suas lutas e conquistas, bem como de seus poetas, patronos e colaboradores.

 

A noite foi abrilhantada pela presença de inúmeros amigos e familiares,  como também de poetas, autoridades e músicos, que deixaram seu recado.

Na ocasião, foi lançada a 13ª Semana da Poesia, que também faz parte da comemoração dos vinte anos de atividades da Casa do Poeta.

 

Para Erotildes Citrine, presidente da CAPOCAM, a Casa vive porque os poetas se mantêm unidos, levando o nome de Camaquã em Congressos afora, bem como em trabalhos sociais com crianças. Erotildes ainda falou sobre o lançamento da Revista Cidade da Poesia: “há as mais diversas matizes, das mais diversas cores, versos para os mais diversos gostos.”

 

O poeta Álvaro Santestevan, um dos fundadores, disse que a “emoção ao completar vinte anos é muito grande, pois olhando para trás não se acredita que se chegou tão longe. Mesmo sem dinheiro, só se completaram vinte anos porque seus presidentes deram seu sangue. Foram todos abnegados para que esse movimento literário se perpetuasse.”

 

“A Casa do Poeta não tem pretensão de ser uma Academia, mas há vinte anos está aberta à comunidade interessada na arte literária e é reconhecida e valorizada por essa mesma comunidade”, disse o poeta Valtencir Gama.

 

Patrona de Honra, Helena Beatriz de Campos Corleta, em seu pronunciamento, falou que “admira a CAPOCAM e seus artistas que, mesmo com muitos empecilhos, continuam perseverando e encantando a vida de cada um de nós.”

 

Representando o senhor prefeito, a secretária de Ação Social, Marizabel Giacomuzzi, falou do enorme orgulho em contar com esta Casa, que leva em todo lugar a poesia, o bem viver. Marizabel desejou que a Casa dure para sempre, levando poesia para todas as pessoas.

 

Uma das primeiras mulheres a publicar na região, em 1991, Inez Ramos Crespo falou que “a construção de um espaço cultural foi iniciada quase que de brincadeira e ganhou proporções que transcenderam a todos. A CAPOCAM hoje é do mundo.”

 

Sem dúvida nenhuma foi uma noite inesquecível.

 

A Casa do Poeta Camaqüense merece todo o nosso carinho e respeito, porque é uma das casas mais atuantes em todo nosso estado. A trajetória de lutas e conquistas tem muito a ver com seus presidentes, poetas, ativistas culturais, patronos e colaboradores, pois, num país onde a cultura ainda não tem o merecido respeito, a prática poética idealizada e realizada pela CAPOCAM é algo extraordinário.

 

Parabéns CAPOCAM!!!

 

 

 

 

Cafezinho Poético de Natal
Lançada revista Cidade da Poesia, nº 3
Sucesso no II Versejo da José A. Netto
II Versejo da Escola José A. Netto
A dedicação de Claudia Gonçalves
VI Rock & Poesia
O conto O GRITO E A MUSA
A música de Vanoci Marques
Lançado livro Poeta, mostra tua cara 7
CAPOCAM realiza cafezinho poético
Escorado no BarCão
"Condor dos Tapes", por Clineu Silveira
Vera Py lança livro sobre rio Camaquã
Alunos do ensino médio e seus poemas
Um grande poeta camaqüense
Camaquã, Terra de Poesia
O poetinha JOAQUIM MONCKS
O Poeta Onélio Chagas
 
Roger Tavares - Todos os direitos reservados © Desenvolvido por iPoomWeb