39178  ACESSOS

LIVRO DA SEMANA

EDITORA NOVA FRONTEIRA LANÇA BOX DE GUIMARÃES ROSA: EDIÇÃO LIMITADA TEM 10 MIL EXEMPLARES

Editar João Guimarães Rosa é um privilégio raro, como bem sabem todos os que se dedicam aos livros — de autores e editores às pessoas que divulgam, distribuem, comercializam, vendem e leem as obras desse autor. É um grande privilégio tomado por surpresas, contentamentos e desafios, como o sertão descoberto (e, por favor, atentem para a palavra) por Guimarães Rosa.

Autor de léxico próprio e um dos brasileiros mais editados e estudados fora do seu país, João Guimarães Rosa chegou a ser cogitado para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura no ano de sua morte. Sua obra indiscutivelmente sem precedentes em nosso contexto literário conjuga, na justa medida, o local e o universal, o olhar do médico e diplomata que afirmou que o bom mesmo era ser como o vaqueiro Manoel Nardy, o Manuelzão das suas estórias.

Difícil é, portanto, falar do autor e da sua obra com o desprendimento que ele próprio destinou a ela, já que não se embrenhou pelo sertão à procura da literatura. Suas viagens sempre visaram ao encontro do homem, dos problemas e questões inerentes à condição humana. Decidimos, então, nesta edição exclusiva que lança o inédito A boiada deixar, mais que nunca, que o autor dê a primeira palavra. Não antecipamos o texto das cadernetas, organizado e editado pelo próprio Guimarães Rosa, com nenhum grande estudo. Ele vem em estado puro, com as marcas do tempo ao lado das marcas do autor, suas anotações marginais e rasuras, suas ob-sessivas pesquisas — um canteiro de obras a partir do qual se erigiram verdadeiros monumentos literários.

Ao final da reprodução em fac-símile de A boiada 1 e A boiada 2, contamos com a beleza e pertinência dos textos de duas estudiosas da obra do autor mineiro, as professoras Sandra Vasconcelos e Mônica Meyer, que situam historicamente o contexto dessa viagem em que as cadernetas foram escritas e analisam seu conteúdo com a agudeza de quem conhece a fundo a obra completa do autor, sua biografia, seus estudos e o arquivo com seus inéditos. Encerrando o volume, trazemos a reportagem “Com o vaqueiro Guimarães Rosa — um escritor entre seus personagens”, feita na chegada dessa travessia pelo sertão mineiro e publicada pela revista O Cruzeiro, dois meses depois, com fotos dos vaqueiros, da boiada e de Guimarães Rosa, o “vaqueiro-amador”, como ele próprio se definiu.

O percurso pelos caminhos do sertão de João Guimarães Rosa não poderia deixar de incluir a obra mais conhecida do autor, pois em sua escrita se percebe, em cada página, a experiência registrada n’A boiada. Essa vigésima edição do Grande sertão: veredas vem ainda acompanhada de outro percurso: o de sua publicação internacional, materializado em capas de diversos países, tais como Itália, Alemanha, França, Holanda, Dinamarca, Espanha, Noruega, Argentina, entre outros.

Nos dois títulos do autor seguimos a sentença “mire e veja” e convidamos o leitor a fazer o mesmo. “Mire e veja”, sempre que possível em boa companhia. Para tanto, apresentamos, em separata, uma travessia pela crítica que, desenraizada do papel e enraizada nas memórias, ganhou corpo nos Pignatari e Haroldo de Campos, gravados para o documentário Os nomes do Rosa, produzido por Tereza Gonzalez e Vânia Catani, com roteiro de Ana Luiza Martins Costa, Claufe Rodrigues e Pedro Bial, e direção geral de Pedro Bial. Outros depoimentos se juntaram a esses primeiros quando Bia Lessa concebeu uma instalação sobre o Grande sertão: veredas para a inauguração do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e convocou o arquiteto Paulo Mendes da Rocha e o escritor Sérgio Sant’Anna para compor o diálogo com essa obra monumental. A todos esses famosos espectadores (miradores) do autor e de seus textos o nosso agradecimento emocionado (estendido aos titulares dos direitos das obras de alguns dos nossos depoentes).

Todo o nosso trabalho foi luxuosamente acompanhado pelas ilustrações de Paulo Mendes da Rocha, que adornou e acolheu esse projeto com seu traçado limpo e contundente como as paisagens do sertão rosiano. Desconfiamos que se Paulo Mendes da Rocha tivesse nascido em Cordisburgo, provavelmente teria saído pelo sertão, a fim de acolher uns tantos caminhos e veredas em sua arquitetura.

A importância de encontrar o leitor é o que nos move em busca de renovados caminhos. Nessa comunhão de propósitos e ideais, a Editora Nova Fronteira teve a honra de desenvolver essa edição exclusiva e limitada com a Livraria Saraiva, que tem somado ao seu crescimento pelo Brasil o objetivo de apresentar grandes obras a preços acessíveis.

Editora Nova Fronteira

 

 

O homem que venceu Auschwitz
O Hipnotista
O dia da caça
Os últimos soldados da guerra fria
Fliz por nada de Martha Medeiros
Vozes da Legalidade
Liberdade de Jonathan Franzen
Retalhos da Alma de Onélio Chagas
Para salvar uma vida
Alfabetização e linguistica
Vivendo em voz alta
O 11º Mandamento
Vermelho Amargo
Narrar por Escrito
Caçando Eichmann
Livros mais vendidos em 2010
Um homem misterioso
LOBÃO: 50 anos a mil
O filósofo e o imperador
Elite da Tropa 2
As canções de Toquinho
Sidney Sheldon: Depois da Escuridão
Desgracida de Dalton Trevisan
Conversa sobre o tempo
1822, de Laurentino Gomes
O palácio de inverno
O Aleph
Pelé - minha vida em imagens
Livro dos Sonhos
Invisível, de Paul Auster
O Mundo das Copas
501 grandes escritores
A obra completa de José Paulo Paes
Música Mundana
As melhores seleções
A guardiã da meia-noite
Livros sobre Adoniran Barbosa
Como se tornar o pior aluno da escola
Bíblia tem site que ajuda na pesquisa
A vida de Wilson Simonal
Americano lança biografia de Lispector
O Símbolo Perdido sai com 800 mil cópias
Padre Cícero
Chico Buarque: Histórias de Canções
A Hospedeira
Conversando é que a gente se entende
Feijoada no Paraíso
Sepulcro, de Kate Mosse
O símbolo perdido de Dan Brown
Uma gota de sangue
A VOLTA
Dicionário Lula
O Garoto no Convés
'Noturno'
O Leitor Apaixonado, de Ruy Castro
"Fala sério, pai!" de Thalita Rebouças
O Caderno: novo livro de Saramago
A Auto-estrada
Gomorra
L&PM lança coleção
Formaturas Infernais
A vida e obra de Walt Disney
ALBERTO SANTOS-DUMONT
A Dama Azul
Os 11 maiores técnicos do futebol
Luiz de Miranda lança livro
Sua resposta vale um bilhão
O Leitor
Crepúsculo
1808, A Cabana, A Viagem do Elefante e +
A viagem do elefante
Poeta, mostra a tua cara
A Cabana e O Vendedor de Sonhos
Uma breve história do séc XX
As guerras dos gaúchos
O homem que queria salvar o mundo
O livro das citações
O grande livro do jornalismo
211 coisas para meninos e meninas
Maravilhoso Livro das Meninas
Um defeito de cor
Infiel
A Sombra do Vento
Almanaque sobre Machado de Assis
A menina que roubava livros
O CAÇADOR DE PIPAS vira filme
CAMAQUÃ TERRA FARROUPILHA
 
Roger Tavares - Todos os direitos reservados © Desenvolvido por iPoomWeb