39178  ACESSOS

POESIA REGIONAL

 

“Escorado no BarCão”, o retorno

 

         Para registrar os seus vinte anos de trajetória literária, o poeta, editor e jornalista Catulo Fernandes autografou uma nova obra durante a XXIX Feira do Livro de Camaquã, evento do qual foi Patrono em 2004, lançando na oportunidade um portifólio com o apoio da Secretaria da Educação, com os seus melhores poemas publicados.

O escritor iniciou sua caminhada cultural em 1989, quando ajudou a fundar a Casa do Poeta Camaquense, em março daquele ano. Quatro meses depois estreava na literatura com o livro de poesia existencial “Viagem ao fundo do Verso”, o primeiro lançamento após a fundação da entidade. “Minha trajetória se confunde com a própria história da CAPOCAM. Eu devo tudo o que sou a esta entidade”, confessa. Em 1991, poucos dias antes do nascimento da filha Luana lança o livro de bolso “Escorado no BarCão” (poemas e haicais). “Incrível, embora a diferença entre os partos ganhei dois filhos em uma semana”, brinca.

Em 2005, também na Feira do Livro de Camaquã, a estreia na literatura infantil com a obra “A bruxa gorducha e a vassoura magricela”, um livro que tem sido tema de leitura nas escolas locais e da região. “O Caixa RS e a ex-secretária de Cultura Solange de Souza Renner me deram um presente exatamente no Dia da Criança em 12 de outubro de 2005”, lembra.

Depois em 2007, mais uma vez na Feira do Livro, juntamente com o historiador João Máximo Lopes, o escritor apresenta o livro álbum “Camaquã, Terra Farroupilha”, obra histórica que integra o novo Plano Diretor do Município. “O grande mérito deste trabalho é do João, mas as idades tão diferentes entre os autores não impediu que o livro nascesse. Aliás, com esta obra com apenas 45 anos eu concluí um ciclo que mescla incursões na poesia, jornalismo, literatura, música e história. Agora só falta escrever um romance”, concluiu.

 

 A CATULO
  O poeta e a família, no dia do lançamento
 

No novo titulo o autor revistou e revisou o pequeno livro “Escorado no BarCão”, acrescentando alguns trabalhos inéditos denominados “& outros poemas lúcidos”. O livro com tiragem inicial de 1500 exemplares, editado pela Gráfica Odisséia conta com 80 páginas e está dividido em quatro capítulos: Paixão versus Solidão, PST - Poemas Sensualmente Transmissíveis, Versos DiVersos e Versos on the rocks. A capa criada por Fábio Tavares traz uma ilustração criada a partir da obra “O pensador” de Rodin. Como já ocorrera em 1991, quem adquirir o livro recebe a carteira de bom marido. “Desta vez também produzimos a carteira da boa esposa, já que na época as mulheres me cobraram e com razão, que eu havia feito uma discriminação poética”, justifica.

O lançamento aconteceu na noite de 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra).  

 

           Para adquirir o livro, entre em contato com a Criarte Produções:

(51) 9811.5067

 

 

 

 

 

Cafezinho Poético de Natal
Lançada revista Cidade da Poesia, nº 3
Sucesso no II Versejo da José A. Netto
II Versejo da Escola José A. Netto
A dedicação de Claudia Gonçalves
VI Rock & Poesia
O conto O GRITO E A MUSA
A música de Vanoci Marques
Lançado livro Poeta, mostra tua cara 7
CAPOCAM realiza cafezinho poético
"Condor dos Tapes", por Clineu Silveira
Vera Py lança livro sobre rio Camaquã
Alunos do ensino médio e seus poemas
Casa do Poeta lança Revista
Um grande poeta camaqüense
Camaquã, Terra de Poesia
O poetinha JOAQUIM MONCKS
O Poeta Onélio Chagas
 
Roger Tavares - Todos os direitos reservados © Desenvolvido por iPoomWeb