38791  ACESSOS

PORTUGUÊS E POESIA

LITERATURA

VALE A PENA RESSUSCITAR SHERLOCK HOLMES?

Colocar no mercado, ao alcance dos leitores, livros que um escritor não quis lançar em vida é uma prática bastante questionável – pode ser entendida tanto como um favor aos fãs carentes de uma nova publicação do autor como um golpe comercial da editora. E o que se diz de um escritor retomar um personagem clássico criado décadas antes por um autor já morto? A pergunta é coerente no momento em que corre a notícia de que a editora britânica Orion prepara para setembro o lançamento de uma nova história de Sherlock Holmes,  o clássico detetive criado por Sir Arthur Conan Doyle.

O autor responsável pelo livro, o inglês Anthony Horowitz, promete não “tomar liberdades” com Sherlock e apenas inseri-lo em uma nova trama policial. Em se levando em consideração a opacidade inerente ao personagem do gênero policial, que pouco transparece de si mesmo para não entregar pistas em excesso ao leitor, é possível que cumpra o que diz. Mas herdeiros e fãs puristas devem coçar a cabeça de apreensão de qualquer modo. Nunca se sabe o que pode resultar desses arriscados enxertos.

O bom currículo do substituto de Conan Doyle, que a Orion tem tratado de divulgar, não dirime os riscos. Autor de livros infantis como Alex Rider e roteirista de televisão, Horowitz, que se diz fã de Sherlock Holmes desde a adolescência, já teria adaptado para a TV histórias de outro detetive clássico: Hercule Poirot, de Agatha Christie.

Qualquer que seja a qualidade do novo trabalho, é possível que Sherlock Holmes, desde o início um grande vendedor de livros – O Cão dos Baskerville é tido um dos primeiros bestsellers do século XX -, volte a dar lucros nesta empreitada. Originalmente publicado na revista inglesa Strand Magazine, o personagem foi salvo pelos leitores da publicação quando Conan Doyle, cansado de movê-lo em cenários diversos, decidiu aposentá-lo. Um número recorde de cancelamento de assinaturas fez o escritor mudar de ideia.

Para quem é fã do detetive, uma dica de leitura é a coleção completa de Sherlock Holmes que a editora Zahar está lançando. Publicada originalmente nos Estados Unidos pela Norton, a coleção reúne toda a obra de Sir Arthur Conan Doyle, acompanhada de textos informativos, ilustrações e notas de rodapé.

Maria Carolina Maia (Veja online)

 

 

Carpinejar esteve na Feira de Camaquã
31ª Feira do Livro de Camaquã
I Festa da Leitura da escola Ana Cesar
XIX Congresso Brasileiro de Poesia
Conto: O Bar do Arlindo
Turma de Letras promove Fórum
A inusitada resposta para Sant'Ana
A arroba nos endereços eletrônicos
A literatura de cordel
O menor (e melhor) conto de fadas
Escola Otto recebe exposição
Uma noite no meio dos livros
Borracharia vira biblioteca
S.O.S. São Lourenço
Morre o grande Moacyr Scliar
A dupla GRENAL e seus hinos
Profa supera deficiências p/ ensinar
Assis Brasil será secretário de cultura
O resumo do XVIII Congresso de Poesia
XVIII Congresso de Poesia em Bento
Ficção: presente e passado conquistam fã
Livros mais vendidos da semana
A universalidade de Saramago
Balanço da 30ª Feira do Livro por Catulo
Sucesso na 30ª Feira do Livro
30ª Feira do Livro
As 200 línguas do Brasil
Os campeões do ENADE
Tecnologias substituem giz e quadro
Alternativos culturais: conheça 25
A Estrada em filme
CAPOCAM 21 anos e 14ª sem. poesia
Por que as mulheres leem mais?
Morre José Mindlin
A redação nota máxima da UFRGS
Adoniran Barbosa: 100 anos
Pe. Fabio de Melo lidera vendas de Cds
Cora Coralina: grande poeta de Goiás
Feira mantém tradição, apesar da chuva
Mau tempo prejudica a Feira
Feira do Livro de Camaquã 2009
Célia Ribeiro dá dicas para autores
55ª Feira do Livro de Porto Alegre
Jornada Literária de Passo Fundo
XVII Congresso de Poesia
Ganymédes José, um grande autor
Feira do Livro de São Lourenço do Sul
Um recanto para a poesia
A arca das letras
Pouca idade, muita vontade
Vinte anos sem Raul Seixas
Frases de jogadores de futebol
100 anos da morte de Euclides da Cunha
Thedy Corrêa prestigia Feira de Chuvisca
A 3ª Feira do Livro da Chuvisca
O mito Michael Jackson
O humor de Danilo Gentili do CQC
Camaquenses são destaque no RedAÇÃO ZH
Camaquã recebe homenagem em poesia
Melhores sites p/ compra e troca livros
Invista na leitura!
Brincadeiras com eufemismos
Reforma ortográfica: não engula...
Novas regras ortográficas em 2009
Nova casa para os livros
15º Açorianos de Literatura
Os livros mais vendidos da semana
Congresso entrega livros
A campeã gaúcha do ENEM
A religião da gramática
Memória daquela juventude
Humor nos anos 50
Versões de ditados populares
Os 100 anos de Cartola
Congresso Brasileiro de Poesia
Dicas para uma boa escrita
Millôr: 85 anos
A importância de não saber e saber
A diferença entre mitos e lendas
A história de Paulo Coelho
O hilário Barão de Itararé
A Jangada de Pedra, por Diego S.Fehlberg
Baudelaire, por Diego S. Fehlberg
Erico e o vento intertextual
Escritores mais admirados
Morre Zélia Gattai
Humor: Um Dia de Merda
Erro de ortografia
Diego S. Fehlberg
 
Roger Tavares - Todos os direitos reservados © Desenvolvido por iPoomWeb